PCI Compliance aliado segurança de Recarga Fácil LDA
4 de janeiro de 2016
O desenvolvimento do mercado de recargas eletrônicas no Brasil
20 de janeiro de 2016

Na América Latina, fomos para a rede 5G

As comunicações móveis oferecem oportunidades valiosas para promover o desenvolvimento humano e económico do acesso a informações básicas de saúde para pagamentos em dinheiro, aumentando a criação de emprego e incentivos para a participação dos cidadãos nos processos democráticos. O desafio agora é incentivar as pessoas, empresas e governos de países em desenvolvimento para criar seus próprios aplicativos móveis relevantes para o contexto local para que eles possam tirar o máximo proveito dessas oportunidades.
Portanto, nosso web site recarga-facil-lda.com.br está posicionada como uma das melhorias  formas para se manter sempre on-line e desfrutar de todos os benefícios de seu telefone celular a utilizar o nosso recarga on-line móvel. Recarga Fácil Lda é uma distribuidor autorizado de recargapay um dos maiores provedores de recarga eletrônica para o  telefones celulares no Brasil.
Nossa empresa trabalha com seis grandes operadoras de telefonia celular no Brasil, estes são: TIM, Vivo, Claro, Oi, Algar Telecom e Nextel. Além disto, permitir que nossos usuários para executar recarga grátis e em outros paises como Argentina, Colômbia, Chile e México.
O mercado de telefonia na América Latina é apresentada como a grande promessa para o mundo da telefonia, tanto para grandes operadoras e fabricantes de dispositivos móveis, devido à enorme e sustentado crescimento que tomou nosso mercado.
O mesmo vale para o futuro das redes de internet sem fio, que está tentando migrar para a tecnologia 5G e é esperado para 2020 pode ser conseguido que a maioria dos usuários de telefones celulares estão associados a essas redes . No entanto, na América Latina cerca de 70% dos assinantes de serviços de telefonia móvel pessoas ainda estão em redes 2G, e uma pequena porcentagem em redes 3G ou 4G.

>>>>> Disponível em celulares Android para comprar créditos pelo celular

>>>>> Disponpivel em celulares iOS para recargar seu celular

Com ou sem internet você pode ser recarregada

Recarga fácil Vivo como distribuidor autorizado Recargapay como um aplicativo foi baixado por mais de 1.000.000 de pessoas no Brasil e está classificado como um das aplicaçoes mais importantes e recomendadas para o nosso país.

Ao baixar App RecargaPay, permite que sua transação, mesmo nos momentos em que você não tem a uma rede Wi-Fi disponível com o equilíbrio ou , com a possibilidade de, em seguida, pagar o montante através de vários meios, seja, descontando do cartão de crédito ou débito ou transferência de pagamento dinheiro nos pontos autorizados. Desse jeito, poderá recargar seu celular em minutos.

Redes de hoje

O mundo das telecomunicações está a começar a falar sobre redes celulares 5G ou de quinta geração. É a tecnologia que, em teoria, permitir que os dispositivos se comuniquem uns com os outros dentro de milissegundos. América Latina, entretanto, é um mercado onde as redes 2G e 3G dominam a cena.
Se as vendas projetadas de smartphones na América Latina servir como um instantâneo da situação actual, espera-se que o número total de novas unidades que são liberados na região em 2015, 39% operam em redes 2G, 37% em redes 3G e 24% em redes 4G, em comparação com 50%, 36% e 14% no ano passado.
É um rápido mudança de tendências, mas ainda redes 2G dominar o mercado latino-americano, com uma quota de 52%, contra 44% das redes 3G. As novas redes 4G LTE, incluindo chamadas, mal cobrem 4% dos assinantes de telefonia móvel na região, apesar do crescimento explosivo de 488% entre 2013 e 2014, quando um grupo 4G Americas pertencentes aos prestadores de serviços Telecom como Cisco, Nokia, America Movil e Telefonica, entre outros, foram responsáveis ​​por 12 milhões de conexões LTE.
Em comparação, 2G é apenas 5,5% do mercado norte-americano e canadense enquanto 3G e 4G representa 54% a 40%. Isso não significa necessariamente que a região está a ficar ante o avanço das telecomunicações, dizem os especialistas e operadores, mas reflete uma transição natural que é também experiente em outras partes do mundo.

Quem tem a melhor internet?

O Uruguai é o país da América do Sul com melhor internet, este tem a melhor taxa de transferência de dados, tanto de carga e descarga, em seguida, os países maiores são em termos de usuários de telefones, ou seja. México e Brasil. Por outro lado, os países com a internet mais lento na América Latina ocupam Venezuela, Bolívia e Peru.
A velocidade média de conexão para a nossa região é 7,26 megabytes por segundo, e, claro, os países com a Internet mais rápida estão acima desta média. Parte do que a velocidade de conexão na América Latina é tão lento é porque ele dobrou o número de usuários com a capacidade de acessar a Internet nos últimos 7 anos sem expandir a infra-estrutura para atender a demanda.
No entanto, países como a Guatemala, Paraguai, Honduras e El Salvador, onde a penetração de usuários de Internet não chega a 30%, o caso mais extremo é a Nicarágua, onde apenas 20% da população pode acessar a Internet, muito baixo em comparação a média da região que atinge quase 50%.
Deste 50%, apenas 6 países da região conseguem superar que metade da população pode aceder à Internet, e eles são Argentina, Brasil, Colômbia, Chile, Uruguai e Venezuela. Destes, Venezuela e Colômbia estão em maior crescimento em termos de penetração de usuários de conexão de internet.
Além disso, a dinâmica tecnológica fez com que a banda larga assumir um papel mais importante do que as conexões fixas. Basicamente impulsionado por telefones celulares e de fácil acesso, ele conseguiu penetrar 30% dos usuários de Internet, enquanto conexão fixa representou 9% das conexões de acordo com dados obtidos em 2013. Para ser considerado conexão de banda larga Você deve ter uma velocidade máxima de 254 kbit / s no caso de fixo e pelo menos uma conexão 3G móvel em modo (sem fios).
O país com a melhor implementação da banda larga móvel é a Costa Rica. A segunda está melhor posicionada Brasil eo terceiro, Uruguai. Enquanto o pior posicionado em ordem crescente são Nicarágua, Peru e Guatemala.

Como você alcança a tecnologia 5G?

A tecnologia 5G apoiará maiores volumes de tráfego de dados cresce exponencialmente a cada ano e trazer novas experiências para o usuário, permitindo a introdução de serviços inovadores. Por agora, 5G é uma maneira de se referir às tecnologias de redes móveis a estar disponíveis a partir de 2020. Embora o padrão ainda não está definida, é evidente que as novas tecnologias irão integrar outro rádio existente, incluindo LTE (4G) e HSPA (3G), que será complementado por novas ferramentas para casos específicos, mas haverá um substituto para todas as tecnologias anteriores.
As grandes potências em termos de desenvolvimento, como o Japão e os Estados Unidos, ser o primeiro a montar estas novas redes porque a demanda vai levar logo para isso. Na verdade, prevê-se que 85% dos norte-americanos de assinaturas móveis será 4G LTE em 2019 e, portanto, será o primeiro candidato a precisar de uma nova rede para suportar tudo o que pode beneficiar de ser ligado, incluindo desde o contador até a despejar.
As redes de 5G se tornar uma realidade até 2020 nos países desenvolvidos. Atualmente o líder em LTE, que é considerado o predecessor de 5G, são os Estados Unidos e Canadá em termos de quota de mercado, penetração e cobertura. Dada a redução progressiva dos períodos de adopção de novas tecnologias na América Latina, espera-se que a tecnologia 5G atinge a região o mais tardar 24 meses após o primeiro lançamento mundial.
Uma possibilidade é que os operadores optar por ignorar uma tecnologia intermediária e ir direto para as redes de quinta geração. Por enquanto, o foco é sobre a implantação de redes 4G, marcado por uma restrição na disponibilidade das bandas.
O compromisso de investir lá, marcando os operadores móveis. Em 2014, a Telefónica, que tem 190 milhões de clientes de telefonia móvel na América Latina através da sua marca Vivo e Movistar investiu mais de US $ 3.000 milhões, principalmente focada na implantação da rede LTE na maioria dos países da região, sem contando o Brasil, onde ele injetou uma quantidade similar. Telefonica planeja visitar antecipando funcionalidade para redes existentes que permitem aos nossos clientes o acesso a serviços e aplicações que fornecem uma experiência semelhante que é esperado para oferecer 5G.
A América Móvil, que tem cerca de 172 milhões de clientes de telefonia móvel na América Latina e no Caribe por meio de suas marcas Telcel e Claro, disse por sua vez que até 2014 tinha pago US $ 1.755 milhões para a utilização de frequências para reforçar a sua oferta redes de nova 3G e 4G.
Porque não existe um padrão ou tecnologia 5G definido, os operadores estão a concentrar os seus investimentos na otimização de redes 4G, especialmente na latência chamada, a informação tempo de atraso está viajando através da rede. Por exemplo, a Telefônica está focada em tecnologia full duplex, com o qual espera dobrar a eficiência espectral de cada transmissor de rádio no mundo e simplifica a gestão de espectro complexo é feito atualmente.
A região está passando pelo processo natural de transformação do mercado sem fio. Serviços de dados de alta velocidade está se tornando uma necessidade em nossas vidas diárias e se tornará cada vez mais importante com os avanços tecnológicos que estamos vivendo.

Escrito por: CAPD

Palavras: 1621

Contribuição para o leitor: o conhecimento Da aos clientes o que a próxima tecnologia que é esperado para chegar em poucos anos em termos de redes de telefonia celular para ver como países latino-americanos se comportam em termos de alcance e velocidade da internet.

Principais fontes:
– Tecmundo.com.br/5g/88234-velocidade-5g-brasil-2016-ericsson-diz-sim.htm
– Cladirect.com/2015/05/11/america-latina-piensa-en-5g-pero-su-telefonia-movil-sigue-en-el-2g/
– Actualidad.rt.com/actualidad/183759-america-latina-mejor-peor-internet
– Helcomercio.pe/economia/mundo/5g-red-telefonia-celular-que-se-asoma-quedarse-noticia-1742440

Fontes secundárias:
– Bancomundial.org/es/news/feature/2012/07/18/america-latina-telefonos-celulares
– Designplus.co/es/blog-marketing-digital/estas-son-las-marcas-de-celulares-mas-vendidas-en-el-2014
– Blog.nic.lat/index.php/blog/88-primeras-pruebas-de-5g-en-latinoamerica
– Hipertextual.com/archivo/2013/11/gsma-telefonia-celular-latinoamerica/

5 Comentários

  1. F@brizio disse:

    É uma maneira perfeita para recarregar seu telefone celular longe de um lugar autorizado.

  2. RobertoC5 disse:

    Boa e amigável app utilização para recarregar telefones celulares. É fácil de abrir o ato. para mim é o melhor, eu estou feliz com o serviço.

  3. CarolinaPM disse:

    Eu tenho usado este serviço um número de vezes agora. Eu descobri que o processo seja simples, mas o melhor de tudo, os fundos atualizados aparecem na conta do meu cartão em poucos minutos de completar a transação!

  4. Luiz 77 disse:

    Eu gosto do serviço. Demora um minuto para enviar o refil para meu amigo. Eu costumo nós este serviço média duas vezes por mês.

  5. Paulo Rodrigues disse:

    Eu tenho usado ele desde muito tempo. Às vezes atrasa por um tempo (pode haver problemas técnicos no meu lado) mais que eu não tinha reclamações até a data. Eu usei-o muitas vezes com um serviço perfeito.